domingo, julho 01, 2012

Congresso das Alternativas contra memorando da troika

No final de uma reunião dos promotores do Congresso das Alternativas, José Reis declarou: “Vamos denunciar o memorando e dizer que o programa que apresenta não é, longe disso, a única possibilidade”. Esclareceu também que o “congresso não será um embrião de nada em matéria organizativa da esquerda”.
“Vamos denunciar o memorando e dizer que o programa que apresenta não é, longe disso, a única possibilidade”, declarou José Reis
Neste domingo, reuniram os promotores do Congresso das Alternativas, que terá lugar a 5 de outubro, e elegeram a comissão organizativa, que será constituída por 42 pessoas.
No final da reunião, José Reis, diretor da Faculdade de Economia do Porto, declarou à comunicação social que o “congresso não será um embrião de nada em matéria organizativa da esquerda, sendo antes um congresso em que será apresentado um conjunto de ideias, uma base programática e uma discussão para que o país disponha de alternativas. A nossa posição firme, convicta, resoluta e assente entre todos é que não há neste movimento qualquer intenção [em termos de organização de corrente política], visando isso sim gerar um programa de alternativa".
Segundo a agência Lusa, o diretor da Faculdade de Economia de Coimbra disse também que Mário Soares conhece o documento do movimento "e apresentou a sua consonância com as ideias expressas".
Sobre o memorando da ‘troika', José Reis referiu que "gera desastre e tem como única finalidade empobrecer o país" e salientou: "Vamos denunciar o memorando e dizer que o programa que apresenta não é, longe disso, a única possibilidade. As ideias de via única são erradas e são totalitárias sobre as pessoas, empresas e país. Na Europa, as alianças não são meramente geográficas, embora os países periféricos tenham uma posição importante, são também alianças de ideias e de programas. Já vimos isso com as eleições presidenciais francesas, com as eleições gerais gregas e veremos isso naquilo que for expresso nas eleições regionais da Alemanha".
Esquerda.net

2 comentários:

VÓS SEREIS A MURALHA DE PALHA D'AÇO.... disse...

a greve é pra quando?

Os que estão a fazere tijolo dizem que bossa senhoria benceu.... disse...

Alternativas, há?
Se forem ao estylo do pagamento das dívidas à Ceausescu, desde que matem o Ceausescu no 8º ano do plano de pagamento em 10 anos cá por mim...